Paz interior

 

         

light20being

 

 

    Fala-se tanto em combater,reprimir a violência nas ruas,nas favelas, acabar com a violência no mundo em geral. Mas tenho pensado no seguinte: como iremos combater a violência exterior se não resolvermos, curarmos a nossa violência interior, aquela violência contra nós mesmos?                                              

        Quantas vezes nós não nos agredimos? Quantas vezes pensamos e cultivamos sentimentos ruins a nosso respeito? Como queremos paz para o mundo, se nós mesmos não nos damos essa paz? Se nós nos perdoarmos e cultivarmos o amor por nós mesmos, atingindo assim a paz interior então acho que será natural emanarmos essa paz para o mundo que nos cerca.   

        Acho que toda mudança real acontece de dentro para fora e essa busca ela é solitária e ninguém pode trilhar esse caminho por nós. Amigos, parentes, companheiro(a)s, podem  caminhar ao    nosso lado, mas jamais andar por nós. Nossa caminhada começa em busca do      nosso verdadeiro Eu e isso é uma jornada diária, constante.      

          O caminho para a paz deve começar no caminho pra o nosso Eu e terminar no “nós”. Pois perceberemos que no desejo de encontrar a nossa paz, quando a encontramos, vem o desejo natural de dividi-la com todos os outros, respeitando as escolhas alheias. Pois todos têm o direito de escolher. Inclusive o direito de deixar que os outros escolham por eles, abrindo mão do seu poder de escolha.                                         

          O simples fato de nos mantermos em paz, de cultivarmos um silêncio interior, em meio a várias situações do dia a dia, já traz a paz para onde estivermos.

           Pois do mesmo jeito que somos influenciados  pelo ambiente e pelas pessoas, o  inverso também ocorre. Nós temos o poder de influenciar o ambiente e as pessoas  ao nosso redor.                                                                              Teias invisíveis nos unem pelo simples fato de respirarmos o mesmo ar, sermos seres humanos (alguns nem tanto) e estarmos neste plano físico.

        Saiba que  você faz a diferença, que é importante. Você é um filho ou uma filha de Deus muito amado(a) e o mesmo poder  que sustenta as galáxias reside dentro de ti.                                                       

    Muito tempo te disseram que  não era capaz, que  tinha que sentir culpas, por ser um pecador, por ter feito mal no passado, ou qualquer outro motivo.

      Agora se pergunte: será que isso é real? Será que essa idéia de Deus que lhe passaram corresponde àquela que  sente de verdade no seu coração? Entre em contato consigo mesmo, feche seus olhos, contemple a riqueza da natureza de um parque, olhe para o céu estrelado, ouça o som da chuva, contemple o silêncio interior e pense, sinta, pergunte-se. Poderá se surpreender com as respostas que virão.

        Precisamos nos adotar urgentemente, precisamos nos auto-acolher. Precisamos também do afeto dos nossos entes queridos presentes e futuros, mas se não tivermos amor por nós mesmos, seremos mendigos de afeto, pedintes espirituais e somos seres de luz.                                                    

        VAMOS FAZER NOSSA LUZ BRILHAR E ESPALHA-LA PRA O PLANETA. TODOS SOMOS UM.

                Sérgio Pinheiro Paffer.

©Todos os direitos reservados.É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem a autorização do autor. Permitido o compartilhamento desde que citada a fonte.

 Crédito das imagens: Reprodução.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s